Alcácer do Sal: “Jamais foi proibida à Altice, ou a qualquer outro operador, a implementação das suas redes”, diz autarquia

Como noticiamos este sábado, são muitas as dificuldades que muitas famílias atravessam no concelho de Alcácer do Sal devido à falta de cobertura de fibra óptica no concelho.

Dificuldades que ganharam maior relevância com a chegada da pandemia da Covid-19, que tornou o mundo digital muito mais importante para a vida da comunidade.

Pode aceder ao recurso Betting tips e assim poderá ter um nova solução

A Altice Portugal afirmou que “foi assim perceptível a indiferença do Município de Alcácer do Sal ao investimento privado”, no entanto a Câmara Municipal de Alcácer do Sal desmente, esclarecendo que “em prole da expansão de redes de alta velocidade no concelho de Alcácer do Sal, lançou em 2015 um concurso público destinado a escolher um concessionário para a gestão de infraestruturas aptas ao alojamento das redes de comunicações. Fruto dessa decisão, o concelho tem hoje toda a sua infraestrutura georreferenciada no SIIA – Sistema de Informação de Infraestruturas Aptas – ANACOM (entidade reguladora das comunicações em Portugal), sendo a mesma gerida pelo concessionário FIRST RULE, na sequência do concurso público realizado. A FIRST RULE disponibiliza actualmente uma oferta pública com iguais condições para todos os operadores de comunicações registados na ANACOM em Portugal.

A autarquia refere ainda que “a oferta permitiu uma evolução nas redes de alta velocidade no Concelho de Alcácer do Sal, fruto da instalação de diversos operadores, como é o caso NOS, Vodafone entre outros, implicando investimentos avultados na área do concelho de Alcácer do Sal nos últimos cinco anos, tendo gerado crescimento da rede de fibra óptica em mais de 300% desde 2015”, acrescentando que “actualmente toda a zona urbana e habitacional de Alcácer do Sal, bem como os Bairros envolventes, nomeadamente o Bairro de São João, Bairro do Olival Queimado, Bairro do Venâncio e Bairro do Laranjal, encontram-se cobertos com redes de fibra óptica de vários operadores.

Relativamente às declarações proferidas pela Altice Portugal ao ODigital.pt, a autarquia esclarece que “o operador Altice contactou o Município de Alcácer no verão de 2016 a informar que era sua pretensão realizar a instalação de uma rede de fibra óptica no concelho tendo o Município,  juntamente com o concessionário, disponibilizado toda a informação de infraestruturas disponíveis e informado, após análise, da sua viabilidade”, acrescentando que nas “várias reuniões com a Altice, esta manifestou que queria obter por parte do Município o reconhecimento de que as infraestruturas de alojamento eram de sua propriedade, situação com a qual este não podia o Município, naturalmente, concordar pois significaria entregar gratuitamente bens que são sua propriedade a uma empresa privada.”

A edilidade deixa claro que “jamais foi proibida à Altice, ou a qualquer outro operador, a implementação das suas redes no Município de Alcácer do Sal, sendo uma calúnia o que se possa dizer em sentido contrário. A boa prova disso é verificar que no site da MEO já existem localidades, nomeadamente na Junta de Freguesia do Torrão, e outras, com fibra óptica da Altice”.

A Câmara de Alcácer terminada refutando “a afirmação de qualquer impedimento por parte do Município e ou da concessionaria. Por fim, importa informar que presentemente mais um operador, neste caso a DST, se encontra em processo de investimento de uma rede de fibra óptica no concelho de Alcácer do Sal, gerando mais uma possibilidade de oferta para todos os munícipes e Alcácer do Sal.

Esta informação também lhe pode interessar: https://casino-frank.pt/jogos

O mais visto