Investimento de 20 milhões de euros deverá trazer para o Alentejo mais uma fábrica de aeronáutica

Um protocolo celebrado entre o Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produtos CEiiA e a empresa brasileira de aeronáutica, Desaer, deverá dar origem a um investimento de 20 milhões de euros numa nova fábrica a instalar em Évora, adiantou ao Diário de Notícias, o director do CEiiA, para a Aeronáutica e Defesa, Miguel Braga.

De acordo com a informação avançada, o acordo assinado entre o centro e a empresa, vai permitir o desenvolvimento do avião ATL-100.

O CEiiA vai disponibilizar uma equipa de 60 engenheiros, em crescendo, à medida das diferentes fases de desenvolvimento e que se irá fixar no Parque de Ciência e Tecnologia de Évora, sendo que a Desaer, também irá disponibilizar engenheiros, mas em maior número.

Se acordo com Miguel Braga, ao Diário de Notícias, “o investimento do CEIIA, exclusivamente na fase de desenvolvimento da aeronave, é da ordem dos 20 milhões de euros para os próximos três anos”.

Na entrevista concedida o director do CEiiA, para a Aeronáutica e Defesa, refere que “o objetivo é igualmente montar a aeronave em Portugal, o que terá um efeito muito grande do ponto de vista do emprego indireto pela estabilização na região do Alentejo, em Évora, em Beja, em Ponte de Sôr, cidades que estão seguramente preparadas, em termos de infraestruturas para receber um projeto desta natureza. O responsável destaca o facto de “o Alentejo poderá muito rapidamente aumentar significativamente aquilo que já hoje é o emprego muito qualificado criado à boleia de um cluster aeronáutico bastante potente.”

Para ler a entrevista completa clique aqui

O mais visto