Peregrinos podem regressar a Fátima já no próximo fim-de-semana, mas com regras

Depois de, pela primeira vez, as celebrações do 13 de Maio se terem realizado sem peregrinos, as celebrações com peregrinos regressam sábado a Fátima e serão repartidas entre a Basílica da Santíssima Trindade e o Recinto de Oração.

De acordo com a informação disponibilizada, “o Santuário de Fátima quer garantir a participação do maior número de peregrinos em perfeitas condições de segurança e respeito pelas regras de desconfinamento”.

O Santuário irá concentrar na Basílica da Santíssima Trindade a maioria das Missas do programa oficial, de segunda a domingo, à exceção da missa das 11h00 que, ao fim de semana- sábado e domingo-, até 26 de outubro, será sempre celebrada no Recinto de Oração. Ainda ao domingo, a missa das 15h00, passará a ser celebrada também no Recinto de Oração.

Assim, as Missas das 7h30, 9h00, 11h00 (durante a semana), 15h00, 16h30 e 18h30 decorrerão na Basílica da Santíssima Trindade. Ao fim de semana, a Missa das 11h00 terá lugar no Recinto de Oração.

As celebrações na Capelinha das Aparições também serão retomadas. De segunda a domingo, a Capelinha das Aparições acolherá o Terço às 12h00; uma hora de reparação, entre as 14h00 e as 15h00; o Terço às 18h30, com transmissão pelos órgãos de informação habituais- TV e Rádio Canção Nova, Rádio Sim e RR- e também no canal do Youtube do Santuário de Fátima e no Facebook do Santuário. As celebrações oficiais terminarão diariamente com o Terço às 21h30. Durante a semana será ainda celebrada na Capelinha das Aparições a Eucaristia das 12h30. Ao fim de semana decorrerá na Capelinha das Aparições o Terço às 10h00 e às 16h00, sendo a missa das 16h30 transferida para a Basílica da Santíssima Trindade. Durante a vigência do horário de verão será esta a Missa que contará com a presença de interpretes de Língua Gestual Portuguesa. As Missas que habitualmente decorriam durante a semana na Capelinha das Aparições, em língua estrangeira- italiano, inglês e espanhol-, não irão ser celebradas. Tal como a procissão do Santíssimo ao domingo, que não se realizará.

O Santuário de Fátima tem vindo a retomar gradualmente a sua atividade, desde 4 de maio, com a reabertura dos espaços de atendimento, lojas e espaços litúrgicos para visita e oração. Os espaços museológicos reabriram no dia 19 de maio.

Para esta reabertura gradual, o Santuário de Fátima definiu estritas medidas de prevenção do contágio da Covid-19, com indicações e recomendações relativas à higienização dos espaços, higiene pessoal, etiqueta respiratória, distanciamento físico, monitorização dos sintomas e proteção individual, junto dos seus colaboradores e nos diversos espaços informativos ao peregrino de que dispõe.

Dentro dos espaços fechados é obrigatório o uso de máscara e a prévia higienização das mãos. Nestes espaços, e durante as celebrações, a máscara só deverá ser retirada no momento da comunhão que continuará a ser dada na mão. Os peregrinos deverão respeitar todas as indicações dos acolhedores, nomeadamente, nas filas para a comunhão e na ocupação dos lugares sentados, dentro dos espaços de culto e oração. As capelas da Reconciliação e da Adoração mantém os horários habituais, devendo os peregrinos observar todas as regras de distanciamento, etiqueta respiratória e higiene.

O mais visto