Xadrez: Alentejano Bruno Martins lidera Absoluto e já é Mestre FIDE

Dois em um para o jovem Bruno Martins na terceira jornada da Fase Final do Nacional Individual Absoluto, que decorre em Odivelas. O jogador da A.XAT de Montemor-o-Novo bateu Luís Sousa Reis (AX Portugal/Atlantidiagonal), garantiu o título de mestre FIDE e manteve a liderança da prova, agora só com a companhia do mestre internacional Sérgio Rocha (FC Barreirense).

Desde que o xadrez presencial federado foi retomado no nosso país, Bruno Martins mostrou ser o jogador que mais evoluiu nos tabuleiros lusos. Antes de começar o Nacional por Equipas, que se realizou em Penafiel, o ainda Sub-18 da A.XAT estava cotado com 2204 pontos Elo. Além de ter ajudado a sua equipa a ficar vice-campeã nacional – num torneio em que somou quatro vitórias e dois empates – Bruno conquistou 43,6 pontos Elo.

Seguiu-se o Campeonato Nacional de Jovens da categoria de Sub-18, em Pombal, na qual entrou com o Elo do início de setembro (2248), e aí, apesar de ter falhado o título – ficou em segundo, atrás de José Guilherme Santos -, o jovem talento contabilizou mais 13,6 pontos Elo.

Agora, na Fase Final do Nacional Absoluto, já arrecadou 47,2 pontos, pelo que, feitas as contas, superou os 2300 pontos Elo necessários para que lhe seja outorgado o título de mestre FIDE, o que sucederá no dia 1 de outubro, quando for publicada a próxima lista do ranking da FIDE.

Na terceira ronda da Fase Final do Nacional Absoluto, que decorre no auditório do Pavilhão Multiusos de Odivelas, enquadrado na Cidade Europeia do Desporto, Bruno Martins, jogando com as brancas, obteve um triunfo de fino recorte técnico sobre Luís Sousa Reis, impondo-se num final de torres. O jogador da A.Xat colocou-se assim em posição de sonhar com mais altos voos, numa fase em que partilha a liderança da prova com o experiente Sérgio Rocha, que bateu, com as peças pretas, o mestre FIDE António Pereira dos Santos (GX Alekhine).

Como o grande mestre António Fernandes (AX Portugal/Atlantidiagonal) e o mestre internacional Paulo Dias (A.XAT Montemor-o-Novo) cederam empates na quarta ronda, respetivamente frente a André Fidalgo (Estrelas S. João de Brito) e Vasco Diogo (Académica de Coimbra), o grupo de líderes passou de quatro para dois.

Num dos duelos mais aguardados da ronda, o mestre FIDE José Francisco Veiga (A.XAT) empatou frente ao campeão em título, o mestre internacional André Sousa (Profigaia/Escola Profissional).

4.ª Jornada – Resultados:

António Pereira dos Santos (MF, GX Alekhine)-Sérgio Rocha (MI, FC Barreirense), 0-1; José Francisco Veiga (MF, A.XAT Montemor-o-Novo)-André Sousa (MI, Profigaia/Escola Profissional), empate; André Fidalgo (MN, Estrelas S. João Brito)-António Fernandes (GM, AX Portugal/Atlantidiagonal), empate; Bruno Martins (MN, A.XAT Montemor-o-Novo)-Luís Sousa Reis (MN, AX Portugal/Atlantidiagonal), 1-0; Vasco Diogo (MF, Académica de Coimbra)-Paulo Dias (MI, A.XAT Montemor-o-Novo), empate.

Classificação:

1.ºs Bruno Martins e Sérgio Rocha, 2,5 pontos; 3.ºs António Fernandes e Paulo Dias, 2; 5.ºs André Fidalgo, André Sousa e José Francisco Veiga, 1,5; 8.º Luís Sousa Reis, 1; 9.º Vasco Diogo, 0,5; 10.º António Pereira dos Santos, 0.

Fonte: Federação Portuguesa de Xadrez

Read more...
Read more...