Torrão: Aprovado projecto que vai preservar, conservar e valorizar o território

“Por terras de Bernardim” é o nome do projecto da Junta de Freguesia do Torrão, no concelho de Alcácer do Sal. Um projecto focado na identidade de um território e que viu agora aprovada a sua candidatura a fundos comunitários.

Este projecto visa a preservação, conservação e valorização de elementos patrimoniais, paisagísticos e ambientais, bem como do património imaterial de natureza cultural e social.

Segundo o Presidente da Junta de Freguesia do Torrão, Helder Montinho, “plano de educação patrimonial, plano de marketing e comunicação, e rede de percursos pedestres são alguns dos “chapéus” que envolvem um vasto conjunto de acções do projecto agora aprovado, que contará com a comunidade torranense como protagonista na dinamização do seu território.”

O Autarca acrescenta ainda que “depois de um trabalho de envolvimento e auscultação de diferentes agentes da freguesia do Torrão surge o projecto designado “Por Terras de Bernardim” que pretende transformar em experiências, produtos e serviços de âmbito turístico os recursos endógenos identificados no território, contando sempre com as gentes da freguesia como protagonistas.”

“Previsto está um Plano de Educação Patrimonial com iniciativas específicas para diferentes públicos: alunos do agrupamento de escolas do Torrão numa acção denominada “Eu sou Bernardim”; adolescentes e jovens adultos, enquadrados no Fórum 14+ onde se procurará contribuir para a capacitação e integração dos mesmos, elegendo como ferramenta facilitadora o podcast; o público sénior será envolvido no Fórum Saber+, identificando-se os seus contributos para os mesmos objectivos comuns, ao passo que o Fórum Invest+ acolhe os empresários locais, para que sejam eles mesmos embaixadores do património natural e cultural do território”, salientou ainda Helder Montinho.

Ainda segundo a informação avançada, o projecto pretende ainda contribuir para a criação de uma rede de voluntários aptos a valorizar, divulgar e promover os recursos endógenos do Torrão. Deste projecto fará parte a sinalização e certificação de uma rede de percursos pedestres e/ou cicláveis, com cerca de 60 quilómetros, ao longo dos quais será colocada sinalética direccional, informativa e interpretativa recorrendo à utilização de materiais reciclados. As rotas passam por espaços de interesse natural e paisagístico, gastronómico, histórico e arqueológico, etnográfico e agroalimentar e pretende contribuir para a coesão territorial da freguesia.

O Presidente da Junta de Freguesia do Torrão fala ainda sobre o nome dado ao projecto, que de certa forma é uma homenagem a Bernardim Ribeiro, o poeta e escritor torranense renascentista.